SEMINÁRIO

O “Movimento Vida em Paz” iniciou em junho de 2015 uma campanha para conscientizar os cidadãos brasileiros acerca dos males que possam vir a acontecer caso seja revogado o Estatuto do Desarmamento.

Alguns deputados federais, integrantes da chamada “Bancada da Bala”, estão querendo colocar na pauta da Câmara dos Deputados a revogação desse estatuto, isto é, liberar o uso de armas no País.

Sabendo das beneficies à vida trazidas pelo Estatuto. Isso são as pesquisas que dizem, por exemplo, segundo o Mapa da Violência 2015, foi decrescido em 160 mil o número de mortos por arma de fogo no Brasil nos últimos oito anos.

Para trazer esse debate para a sociedade, o Movimento está organizando o “Seminário Controle de Armas – Eu Apoio”, que será no dia 3 de julho, às 14h, na Assembleia Legislativa do Ceará.

A programação do evento será dividida em quatro painéis: “Frente Parlamentar da Paz pela Vida”, “Porque da Efetivação do Controle de Armas no Brasil”, “As Armas no Brasil como Potencializador da Violência” e “Construindo Cultura da Paz pela Vida e pelo Controle de Armas no Brasil”.

Para este grande debate com a sociedade, estão confirmadas as presenças de autoridades e líderes de movimentos em prol da família, dos valores e, principalmente da paz. Dentre eles podemos destacar Antônio Rangel, coordenador do Viva Rio; Marcos Dionísio Medeiros, presidente do Conselho de Direitos Humanos/RN, Ivan Contente, diretor do Sou da Paz; Subtenente Gonzaga, deputado federal/MG, entre outros..